domingo, 31 de julho de 2016

Setestrelo

Totonho Laprovitera - Setestrelo - 2015 - AST com aplicação de espinhos de mandacaru - 15,2 x 20,3 cm

O Setestrelo é a principal evidência do conhecimento astronômico dos habitantes originais do Brasil. 

Para os índios brasileiros, seu aparecimento antes do nascer do Sol indicava que a primavera estava próxima. O Setestrelo, que muitos de nossos indígenas denominavam Ceiuci, é a principal evidência do conhecimento astronômico dos habitantes originais do Brasil. 

Ceiuci era uma índia virgem, mãe de Jurupari, índio mágico concebido pelo sumo do curara-do-mato que um dia escorreu pelo ventre da jovem. Jurupari fora incumbido por um agente do Sol para corrigir os males do mundo – em particular a dominação das índias sobre os índios. 

Depois de acabar com a influência das mulheres índias, Jurupari estabeleceu uma série de rituais proibidos à participação de qualquer pessoa do sexo feminino, sob risco de morte. Mesmo sabendo do perigo, Ceiuci desobedeceu ao filho e espreitou um desses cultos – pagando com a vida pela ousadia. 

Como não podia trazer a mãe de volta, Jurupari a levou para o céu, onde Ceiuci se transformou num conjunto de sete estrelas bem próximas entre si: o Setestrelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário