sábado, 27 de abril de 2013

Costureira Zefinha



A história é a seguinte: Zefinha, que se diz bem moça, é uma costureira das antigas do Iguatu que, segundo diz Giovani Oliveira, “já gastou pra mais de duas máquinas Singer!” 

Pois bem, há que duvide dos poucos anos da menina, porém, a aparência encruada e a carteirinha do fã-clube da Emilinha Borba põem em dúvida a idade que ela revela possuir: “27 bem vividos!”

Segundo o senhor Josafá Piloteiro, experiente técnico do segmento da confecção de roupas, “uma Singer, traquilamente, dura pra mais de 30 anos. Isso sem os cuidados para que funcione adequadamente.”

Quanto à manutenção da máquina, Zefinha observa: 

- “Se a máquina não estiver sendo usada, deixe ela desligada da tomada da parede. Isso deve ser feito sempre que você for limpar também;
- Não deixe ela debaixo do sol; 
- O uso de um bom transformador ajudará a proteger o motor da máquina contra quedas de energia, que queimam ela; 
- Tenha a máquina sempre limpa e lubrificada;  
- Tire dela sempre o pó ou os fiapos de linha; 
- Limpe a superfície da máquina com um pano mole e molhado apenas com água. Não use nenhum produto farpado ou químico, pois pode estragar; 
- Lubrifique a máquina conforme instrução do manual da máquina; 
- Troque a agulha da máquina sempre que ela começar a ficar cega ou torta, para evitar estragos e também ter uma melhor qualidade na costura; 
- Não invente nenhuma adaptação ou modificação nela. Isso pode inutilizar seu funcionamento; 
- Se a máquina não for usada por muito tempo, limpe ela, bote dentro da embalagem ou capa de proteção, e guarde num lugar protegido da luz do sol. Deixe seus acessórios sempre juntos da máquina.

Lembre que, a máquina de costura deve ser sempre usada para o que ela foi feita. Observe também a combinação entre o tecido, a linha e agulha da costura para ter a maior qualidade e rendimento em sua costura.”

(Foto: Google)

Nenhum comentário:

Postar um comentário