segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Slow Food

Na filosofia do Slow Food, é essencial comer para viver. Assim sendo, a maneira como nos alimentamos possui grande importância no que nos cerca, quer seja na paisagem, na biodiversidade da terra e nas suas tradições. Afinal de contas, para um autêntico gastrônomo é impraticável desconhecer as fortes relações entre prato e planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e arranjar tempo para a saborear, é uma forma simples de tornar o nosso dia-a-dia mais prazeroso. 

video
O estudioso João Bosco, em Slow Food.

Sobre o assunto, explana o estudioso João Bosco Maia Martins: "Somos presos pela pressa e fraquejamos todos ao mesmo mal traiçoeiro: a Fast Life, que destrói os nossos costumes, impregna na privacidade das nossas casas e nos obriga a comer Fast Food. Para ser digno desse nome, o Homo sapiens deveria livrar-se da correria da vida, antes que ela o faça a ser uma espécie em extinção. Um firme esforço na defesa da tranquilidade é a única forma de se opor à loucura universal da Fast Life".

Nenhum comentário:

Postar um comentário