segunda-feira, 24 de março de 2014

Furto na Maraponga

No sossegado domingo do dia 16/03/2014, a Autoescola Bosco, da Maraponga, recebeu a visita de um velho amigo do alheio.

Sabedor que sua firma havia sido invadida e subtraída de valores, João Bosco Maia Martins dirigiu-se ao 8o.
Distrito Policial, onde prestou queixa e registrou um boletim de ocorrência. Ao apresentar as gravações do circuito interno de televisão da empresa, de pronto, as autoridades policiais identificaram o gatuno. Era Dondom de Solonópole, manjado malandro da região, famoso pela ousadia de, supostamente, ter surrupiado uma viatura do Ronda, quando, por sua imperícia ao volante, capotou várias vezes. 

video

No vídeo, Dondom exibia notáveis habilidades. Para se esquivar de algum provável sensor de segurança, adotava a postura de um gato. Para escalar as paredes, de felino, assumia o estilo lagartixa, daquelas que andam grudadas pelas paredes.

Bem, identificado, já na segunda-feira, a polícia foi bater na residência do meliante. A tática de abordagem era a de uma viatura pela frente da casa e outra pelos fundos. Flagrado dormindo o sono dos inocentes, em uma surrada e imunda rede vermelha – que era do Bosco e não lavada há pelo menos uns seis meses –, em arrojada evolução de trapezista circense, Dondom escapuliu pelo o quintal, mas, quando pulou o muro foi agarrado pelos guardas.

video

Detido, foi levado ao 8o. Distrito, onde confessou o delito. Do apanhado, a polícia ainda conseguiu reaver a descarga furada de uma moto e uma arranhada televisão de plasma. Dos 4 mil reais levados – 2 mil de uma gaveta arrombada, e os outros 2 de um porquinho de louça –, ele disse ter feito sua festa. Agora, mal sabia Dondom que a gaveta que ele não conseguiu arrombar continha 10 mil reais. Quanto a rede, bem, o Bosco a dispensou.

video

Curiosamente, quando Dondom foi preso, ele estava com a cabeleira encricalhadamente pretinha da silva, enquanto que no vídeo aparece bem lourinha. Aí, sua companheira justificou a razão: "Era pra livrar ele do fragrante".

Pois é, no mais, o Bosco não cansa de elogiar a eficiência da polícia e mangar do fuleiro Dondom.

2 comentários:

  1. Ele merece merece levar uma surra de bimba de boi todos os dias

    ResponderExcluir
  2. Cara, adoro seu blog. É cada história. rsrsrs

    ResponderExcluir