sexta-feira, 1 de junho de 2012

Vender fiado...

Do Bairro Tancredo Neves, recebo a seguinte carta:

"Seu Totonho,

Tenho uma pequena bodega, mas as coisas estão tão dificeis que não sei mais o que fazer. Minha clientela é boa, mas não posso mais vender fiado pois lá onde eu compro as mercadorias não posso atrasar de jeito nenhum, e meus clientes estão atrasando muito. Aí, o que devo fazer, cortar 100% do fiado ou ir aguentando até quebrar?

Estou desesperado, me ajudem!
Ass.: Zé Carlito"


Seu Zé Carlito,

Como dizem, "vender fiado só é bom pra quem compra, pois contrai uma dívida sem dia certo para pagar". No entanto, sugiro-lhe uma placa avisando que não vende fiado, principalmente, cigarro e bebida para quem bebe pra esquecer.

Talvez, isso diminua esse seu problema e lhe livre dos aproveitadores. Muitas vezes, é melhor perder um cliente mal pagador do que sustentá-lo por sabe lá quanto tempo, né?

Contudo, ouça um especialista em negócios, porque eu não entendo muito bem essa coisa de vender e cobrar, não.

Boa sorte.
Totonho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário