domingo, 5 de junho de 2016

Cena de novela

video

Cena de novela
(Amaro Penna / Totonho Laprovitera)

Nos tempos de criança era eu, era você
Ainda na lembrança brinco eu, brinca você
Os jogos de infância nas calçadas da memória,
os sonhos de nós dois em namoro virginal...

Em cena de novela descobrimos o amor
Nosso primeiro beijo não consigo esquecer
Passo horas a pensar da gente o que seria
se nossas juras madrigais hoje vingadas fossem

Agora, em poesia, eu me lembro do mistério
da nossa despedida que nunca aconteceu
Você olhou pra mim, fingiu que não me viu
Seguiu sem dizer nada, partiu meu coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário