domingo, 26 de junho de 2016

Enfim perto de mim

video

“Enfim perto de mim” foi composta por mim e Nonato Luiz em 1998 e aconteceu da seguinte maneira.

Na companhia de Amaro Penna e Humberto Pinho, eu estava em um bar, ali pela Rua João Cordeiro, em Fortaleza, quando recebi um telefonema do Eliseu Batista Filho, que vinha da inauguração do novo Aeroporto Internacional Pinto Martins, acompanhado de Nonato Luiz e do João Mota, nos convidando para irmos ao Bar Pombo Cheio, quase esquina com a Avenida Jovita Feitosa e defronte à linha férrea. 

Seguindo juntos ao nosso destino, quando lá chegamos, eu e Nonatinho decidimos inaugurar nossa tão desejada parceria. Porém, havia duas pequenas dificuldades: ele estava sem violão e eu sem lápis e papel. 

Mas, espalhada a vontade de compormos no lugar uma canção, como em passe de mágica surgiu um velho violão, um pedaço de papel de embrulhar pão e uma caneta Bic, que teimava em falhar a escrita. 

Nonatinho começou a dedilhar os primeiros acordes e eu a persegui-lo, em métrica, escrevinhando avexado o meu sentimento. De quando em vez, para acertarmos o passo, eu pedia para ele repetir alguma parte da canção ou dar uma pequena pausa para organizarmos as ideias. 

Pois bem, após findarmos a concepção lítero-musical, pelo ótimo resultado, fomos bater direto no estúdio Ararena para registrarmos o feito! Gravada a canção, cantada pelo Humbertinho, fomos convidados para comemorar a proeza na casa do Luiz Pontes, de onde esticamos ao bar Ponto de Luz, madrugada adentro! 

Pouco tempo depois, todos nós nos admiramos ao tomarmos conhecimento da inclusão dessa simples gravação em uma antologia editada pela Modo Maior. 

Daí, a canção tornou-se frequente no repertório do virtuoso Nonato Luiz e eu, afoito que só, passei a cantá-la diversas vezes, em algumas delas acompanhado do fecundo violão do amigo Raimundo Fagner. 

Em 2003, foi lançado o disco Canções, uma coletânea de músicas de Nonato Luiz, produzida por Olímpio Rocha, seu filho Leonardo e Assis Miranda, com letras de distintos autores brasileiros e interpretadas por vários artistas. Nele, “Enfim perto de mim” está na sétima faixa, na numinosa voz de Ednardo, com arranjo do Maestro Tarcísio Lima.

Terminando, essa é a história da criação da canção “Enfim perto de mim”, uma das minhas maiores realizações musicais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário